O que encontrará aqui:

Conteúdo autoral, insanamente criativo, ebooks para ler e sonhar, resenhas, opiniões e idéias, sobre livros, escritores, cotidiano! Tudo junto em um espaço insanamente democrático!

1 de set de 2013

Como eu era antes de você! Bem menos humilde! rssss


COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ

Eu era uma leitora que acreditava ser capaz de definir uma historia nos dois primeiros capitulos! E tcharam!!!!!!!!!!!!! Quebrei minha carinha sorridente!!!!!!!!!!!!!! Rsss
Quanto a história, vamos aos fatos:




                  Não foi o que eu imaginava, não chorei como acreditava, porém emocionei me mais do que pensei que poderia, diante da construção inteligente e primorosa do enredo.
                  Começa devagar, um recorte de momentos na vida dos personagens principais, Will e Louise.
                  Ele personifica a descrição pura da vida direcionada para um objetivo, o topo do mundo, nasceu, cresceu e desenvolveu se para o sucesso!
                  Ela começa enfadonha, perdida, alheia, carregando insultos como botons na lapela da farda, com a displicência de quem passa pela vida, alguém moldada para o grande nada das vidas suburbanas, dos invisíveis da nossa sociedade, dolorosamente vazia de objetivos.
                  E então o destino entra em ação, os mundos se encontram, a figura peculiar e colorida da Louise é atacada literalmente pela máscara da miséria que se tornou o Will, e dai em diante toda a trama se costura e desenvolve.
                  Você torce, se desespera, tem esperanças, fica frustrado, tem vontade de balançar os dois até que os cérebros chacoalhem, teme, sorri e até rola uma lágrima ou outra diante da injustiça das atitudes corriqueiras, que nós mesmos somos capazes de ter frente ao que nos choca e não gostamos de encarar.
                  E acreditem, pode não parecer, mas é uma história de amor, amor pela vida, por si e pelo outro, um pequeno exercício de respeito, de humildade e como o amor pode ser pleno e transformador, mesmo que não siga o padrão convencional dos enredos românticos.
                  O que me marcou, dentro de todas as mensagens e pontos suscitados, ao longo do texto primorosamente construído por esta inglesa? De verdade... foi uma pergunta que surgiu durante uma conversa dos dois... 
                   

       O QUE NOS DEFINE?

                   Diante da minha recém adquirida humildade, kkkk, brincadeirinha, sou uma moça humilde sim, :) não tentarei e nem posso dizer o que nos define, mas foi um ponto que me fez pensar bastante sobre o que fazemos com o que a vida nos dá, seja bom ou ruim... 

                       Enfim, indico o livro, é ótimo, nos mostra como as nuances da vida de cada um são aparentes, e escondem profundidades que nos surpreendem, amei a leitura, saiu do lugar comum, e é uma historia de amor tão linda como poucas que tive o prazer de ler e guardar na memória, apesar das milhares que leio desde que comecei a jornada pelas letrinhas....


Essa foi minha dica de leitura, um grande beijo a todos e espero que apreciem a jornada. 
Eva Lopes!


Nenhum comentário:

Postar um comentário